Você já ouviu a voz de Deus?

“O Senhor chamou: Samuel! Samuel! Ele respondeu: Eis-me aqui. E correndo a Eli, disse-lhe: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Eu não te chamei; torna a deitar-te. Ele foi e deitou-se. Tornou o Senhor a chamar: Samuel! E Samuel se levantou, foi a Eli e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Eu não te chamei, filho meu; torna a deitar-te. Ora, Samuel ainda não conhecia ao Senhor, e a palavra do Senhor ainda não lhe tinha sido revelada. O Senhor, pois, tornou a chamar a Samuel pela terceira vez. E ele, levantando-se, foi a Eli e disse: Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Então entendeu Eli que o Senhor chamava o menino. Pelo que Eli disse a Samuel: vai deitar-te, e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, Senhor, porque o teu servo ouve. Foi, pois, Samuel e deitou-se no seu lugar. Depois veio o Senhor, parou e chamou como das outras vezes: Samuel! Samuel! Ao que respondeu: Fala porque o teu servo ouve.” 1º Samuel 3.4-10

Aprendi algumas ricas lições com a leitura do livro “Crescendo com seu filho adolescente”, de Eugene Peterson, que inclusive recomendo para os pais de adolescentes. A seguir apresento essas e outras lições que pude apreender com Samuel.

1. Deus sempre fala. Deus está sempre nos chamando. Ele sempre fala, nós é que nem sempre ouvimos, ou ouvimos e não entendemos, pois não conhecermos. Ou ouvimos, entendemos e não respondemos. Mais cedo ou mais tarde seu filho ou sua filha irá ouvir, entender e responder a Deus. Ore por isso.

2. A sua voz é a voz de Deus? Samuel, ao ouvir a voz de Deus, pensava ser a voz de Eli. Nosso desafio é sermos cada vez mais semelhantes a Jesus Cristo. Nossas vozes, atitudes e posturas refletem Deus para as crianças? Em algum momento, quando conhecerem e aprenderem mais sobre Deus, irão dizer: “meus pais sempre falaram isso”. Com que parece sua voz?

3. Entenda o tempo de cada pessoa e deixe cada uma conhecer a Deus por si mesma. Quando Eli entendeu que era o Senhor quem chamava o menino, deixou-o na sua intimidade ouvir e conversar com Deus. Muitas vezes pressionamos as pessoas a aceitarem algo que elas ainda não entendem e queremos obrigá-las a ver como nós vemos e com isso as impedimos, não lhes deixamos livres.

Nenhum comentário: