Como escolher seu candidato



Os políticos são representantes do povo no Executivo e no Legislativo. Uns fazem as leis que devem apontar para as necessidades do Município e os outros devem sancioná-las de forma coerente e em prol do povo.  Se homens e mulheres são eleitos para uma tarefa tão relevante e se suas decisões afetam diretamente a vida em sociedade, cada cidadão deve escolher com seriedade o seu candidato.  Como você escolhe o seu?

Para escolher um candidato dentre tantos, você deve avaliar que tipo de engajamento eles tiveram ou têm com a comunidade.  Eles estão preocupados com os grandes desafios do Município? Eles fizeram parte ou desenvolveram algum projeto social?  Eles se preocupam com os marginalizados da sociedade?  Eles atuam de forma positiva na cidade?

Para escolher um candidato dentre tantos, você deve avaliar a integridade daqueles que estão colocando seus nomes e projetos à disposição e avaliação dos eleitores.  Eles são pessoas honestas?  Eles são pessoas que têm seus nomes limpos diante dos tribunais?  Eles são pessoas confiáveis?  Eles são pessoas com projetos claros para o crescimento da cidade?  Eles são pessoas com bom trânsito entre as diversas camadas da sociedade?

Para escolher um candidato dentre tantos, você deve avaliar o conhecimento e a capacidade daqueles que estão se propondo ao novo mandato.  Eles reúnem as condições para elaborar as leis e gerir o Município?  Eles têm a capacidade suficiente para desenvolver esta importante tarefa?  Eles conseguem dialogar com os outros poderes constituídos e com os representantes comunitários?

Para escolher um candidato dentre tantos, você deve avaliar seu passado.  Eles já atuaram como representantes do povo?  Quando atuaram, o que fizeram?   Eles conhecem os problemas da cidade?  Eles estão comprometidos com acordos que comprometem o desenvolvimento da cidade?  Eles têm ficha limpa para atuar como o seu representante no Legislativo e Executivo?  Eles trazem tranquilidade para a comunidade?

Cada cidadão deve avaliar e escolher seguindo este e outros critérios de avaliação.  Não seja ingênuo em sua escolha, pois esta afeta a vida de todos! Busque o melhor para sua cidade escolhendo sabiamente seus candidatos.
Evaldo Rocha www.evaldorocha.com

Não aceite o voto de cabresto (determinado por patrões e líderes comunitários; não aceite o voto de cajado (“indicado” por líderes religiosos). Só aceite candidatos que defendam o Estado laico (sem religião) e a religião livre (sem interferência do Estado). Avalie a posição dos candidatos quanto ao aborto, à homoafetividade, ao respeito à fé evangélica e aos valores e preceitos morais que tanto valorizamos e apregoamos como família, casamento, solidariedade, justiça, honestidade, lealdade, fé... .


Por fim, em atitude de devoção, pense, escolha e vote com responsabilidade e fé, sempre respeitando a escolha e responsabilidade dos outros eleitores, isso é democracia.                                     
David Curty

.


Nenhum comentário: